terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Viagem rumo a Bonito-MS

                  Mais uma viagem em bicicleta e mais forte veio a sensação de que realmente viajar dessa forma é muito bom.
                 Parti de Aquidauana-MS juntamente com meu primo, iniciante em cicloturismo, às 7:00 h. Percorremos exatos 57 km em estrada de chão, entre muitas subidas, descidas e, principalmente, natureza. De início nos deparamos com um jacaré atropelado na estrada e mal cheiroso, nessa região é comum encontrar animais atravessando a estrada.

Neuro (Neurinho) e o jacaré cheiroso.
Eu empolgado de manhã. 
                   A vista é muito bonita. É claro que a mata nativa já foi suprimida, hoje encontra-se pastagem exótica e gado, apesar disso, ainda é uma região preservada.

Divisa entre Anastácio e Bonito.
Chegando à ponte do Miranda.

                    Formou-se uma vila no entorno do rio Miranda, com pousadas, restaurantes, comércio e até mesmo casa de mulheres simpáticas, aliás, uma ótima estrutura. Não que eu tenha entrado, mas de fora já se percebe bem. Ar condicionado, quiosques, etc.

Eu apreciando a paisagem.
Igrejinha na vila.
                Eu agradecendo a oportunidade dessa viagem. Juntamente com meu primo, seguindo rumo à fazenda dele onde lá esparavam por nós meus pais, minha mulher, Pedrinho dentro da barriga e toda família dele.
               Isso não tem preço. Durante nossa viagem nossos familiares passaram por nós de carro empolgados com a aventura.

Neurinho e seu novo visual cicloturista.
                   O Neurinho também é Eng. Agrônomo, tem quarenta e poucos anos de idade e já estabilizado financeiramente, contudo, encontrou na bicicleta uma forma de apreciar melhor a natureza, fazer exercícios e escapar um pouco da rotina de trabalho e da rotina da vida. Ele tem fazenda na região, percorre esse caminho de caminhonete quase toda semana e, conversando comigo durante o trajeto ele me disse que haviam detalhes que não tinha percebido ainda. Por exemplo, logo abaixo vocês verão o postinho - antigo lugar onde fazendeiros e pescadores param para abastecerem seus veículos e fazerem pequenas compras. Somente nesta viagem, quando Neuro viajou em bicicleta, ele teve a oportunidade de conversar melhor com o proprietário, até mesmo brincar com sua filhinha. Na ocasião, ficamos sabendo que apesar dos 55 anos de idade do vendedor ele é pai de uma menininha de 05 anos.

Neuro na vendinha e o proprietário com sua filha.

Enquanto isso...eu no postinho abastecia a bike. hehehehe


Pedala Neurinho!!!                
                         Essa viagem foi feita praticamente sem planejamento algum, foi tudo decidido de última hora. Liguei para Neurinho e sugeri a viagem. Ele tinha apenas uma semana para treinar e o resultado disso é sofrer um pouco nas subidas e equipamentos inadequados. Pegou emprestada a bike de seu filho e se aventurou na estrada. A grande vantagem é a força de vontade - coisa que Neurinho tem de sobra - e a busca pela superação.
                        Apesar do pouco treinamento meu primo foi muito bem. Enfrentou as subidas e o calor e, melhor, desfrutou da viagem como um cicoturista experiente.

                     Neurinho feliz da vida em sua bike.

Eu tranquilinho.

Sensação incrível de liberdade.





                      Muitas pontes ao longo do percurso. Essa estrada liga a cidade de Anastácio à cidade de Bonito-MS. Antigamente era muito utilizada, quando ainda não existia a estrada asfaltada (BR-419). Hoje, aquela é usada por fazendeiros, pescadores e, como nós, aventureiros.
                     Não posso deixar de expressar minha insatisfação com alguns turistas, fazendeiros e moradores locais a respeito do lixo jogado ao longo da estrada. Uma vergonha!!!
Vista através de meu retrovisor.

 
Linda paisagem.

Chegando à fazenda.
Faltava apenas 1 km para chegar e a sensação de vitória é incrível.
João de Barro.

Já na fazenda - descanso merecido.

Mamãe galinha e seus filhotes adotivos de angola.
                  Vocês sabiam??
                  Quando a angola põe os ovos, geralmente as pessoas que as criam transferem seus ovos para serem chocados por uma galinha, então, quando as angolinhas nascem acham que sua mãe é uma galinha. E vice-versa, a galinha acha que seus filhotes são as angolinhas. É claro que devem perceber a diferença na morfologia e hábitos estranhos, mas o amor é tão grande que isso não importa. hehehehehe
                   As angolinhas não ficam com sua mãe biológica porque elas são...como posso dizer...desnaturadas. Após eclodir os ovos a angola mãe vai para o mato, caminha longe e seus filhotinhos não conseguem acompanhar ou são presas fáceis. Bom, então está explicado!!!

Funcionário da fazenda (Baiano) - Figuraça.
                       O Baiano utiliza sua bike cargueira para levar sal para o gado. Já percorreu longas distâncias com ela, inclusive, já viajou diversas vezes.

Eu tentando pescar.
                        Na verdade, fomos ao rio apenas para comer umas proções e tomar uma cervejinha. Essa é a vantagem de um cicloturista, por não ser atleta, tomar uma cervejinha não faz mal.
                        Fica aqui a sugestão. Pesqueiro Toca do Jacaré, município de Bonito-MS. Porção de peixe maravilhosa!

                        Enfim, após 02 dias descansando na fazenda voltamos para minha terrinha natal.

"Aquidauana meu coração não se engana"


Linda e quente como sempre.

                     Em homenagem por ter nos hospedado tão bem nesses dias, segue abaixo a foto da mulher do Neurinho.
 Obrigado Cibelita!!!!!!!!
Cibele.


video

AGUARDEM CONTINUAÇÃO DOS VÍDEOS DESTA VIAGEM.

8 comentários:

  1. Caro César, o cicloturismo nos proporciona um prazer especial de repensar os valores e enxergar o mundo de um outro jeito. Sua região é rica e abençodada por natureza, parabéns e que vc realize muitas outras. Cicloabraços!

    ResponderExcluir
  2. Estou ansioso pelos videos.
    aburaco das Piranhas - Passo do Lontra - Curva do Leque - Porto da Manga - Corumbá q nos espere...Proxima viagem

    ResponderExcluir
  3. casa de mulheres simpáticas... cuidado com o pau de macarrão kkkkk Daqui um tempo vai ter mais seguidores... pedrinho no trailer e a patroa...

    ResponderExcluir
  4. Pedro... Manda pra gente o mapa... Quero também... Só conheço a estrada (br) queria muuiiiittooooooo fazer este percurso de bike... Grande abraço!!!!

    ResponderExcluir
  5. Pedro... Manda pra gente o mapa... Quero também... Só conheço a estrada (br) queria muuiiiittooooooo fazer este percurso de bike... Grande abraço!!!!

    ResponderExcluir
  6. Pedro... Manda pra gente o mapa... Quero também... Só conheço a estrada (br) queria muuiiiittooooooo fazer este percurso de bike... Grande abraço!!!!

    ResponderExcluir

Postagens populares